Descubra o que é inteligência artificial generativa e quais são seus diferenciais 

É fato que a IA já se tornou parte da rotina das pessoas. Segundo a revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios, 1 em cada 4 profissionais já utilizam a tecnologia no dia a dia. Por isso, conhecer a inteligência artificial generativa é fundamental!

Este é um tipo de inteligência artificial e, também, é o mais comum. O ChatGPT, por exemplo, utiliza dela para funcionar. Sua aplicação na vida das pessoas é muito vasta, desde receitas até apoios profissionais. 

Por isso, saber o que é inteligência artificial generativa é uma maneira de ficar atento às inovações, ao mesmo tempo que garante automação e otimização de recursos na sua empresa. 

Neste texto, você confere o que é IA generativa, a diferença entre ela e outros tipos de tecnologias, como utilizá-la e muito mais. Boa leitura!

O que é inteligência artificial generativa? 

Inteligência artificial generativa é uma tecnologia capaz de criar textos, imagens, vídeos e áudios a partir da solicitação de pessoas. Em outras palavras, você pede à IA para fazer determinada atividade, e ela cumpre o comando. 

Para exemplificar, podemos pensar na sua empresa. Vamos supor que você precise realizar um cálculo de planilha, mas não sabe a melhor fórmula para isso. Nesse caso, pode pedir à IA para construir a fórmula, adaptando-a na sua tabela. 

A inteligência artificial generativa mais conhecida é o ChatGPT, porém existem outras que estão se popularizando, como a Gemini (desenvolvida pelo Google), a DeepDream (que cria imagens) e a OpenAI MuseNet (que gera músicas originais). 

As aplicações da IA no dia é bastante vasta, e diversas pessoas podem contar com essa tecnologia. Por isso, a dica é começar a testá-la, para se acostumar ao seu funcionamento.  

Afinal, é fato que a inteligência artificial chegou para ficar. Portanto, cabe a nós aprender como utilizá-la a nosso favor, para que pessoas e máquinas unam forças! 

Qual a diferença entre IA e IA generativa? 

Antes de mais nada, é válido compreender que a IA generativa é um tipo de inteligência artificial capaz de criar informações e conteúdos a partir de uma solicitação. 

Entender o que é inteligência artificial generativa e seus diferenciais ajuda a utilizar a tecnologia com mais assertividade.

Logo, quanto melhor for o comando dado à inteligência artificial generativa, mais assertiva será a resposta que ela dará. Já a IA tradicional se concentra em copiar ou reproduzir uma informação ou conteúdo já criado. Saiba mais da diferença entre ambas! 

Autonomia

A inteligência artificial generativa possui mais autonomia na criação de informações. A partir de um comando, como “faça um gato brincando com um pato”, ela irá gerar um conteúdo único e novo. 

Já a IA tradicional não possui tanta autonomia, visto que fornece informações de maneira mais mímica, ou seja, imitando comportamentos ou reproduzindo funções já existentes.

Possibilidades

Enquanto a IA tradicional é mais limitada, a inteligência artificial generativa consegue atender às mais diversas tarefas, inclusive àquelas mais complexas, como escrever um código ou criar um vídeo. 

Dessa forma, as possibilidades de uso da IA generativa é vasto e pode atender a diferentes necessidades, tanto pessoais quanto profissionais. 

Tecnologia avançada

A inteligência artificial generativa utiliza diversos bancos de dados para criar o que é solicitado a ela. Por outro lado, a IA tradicional se limita a bancos de dados reduzidos, com informações que alimentarão suas funções mais básicas. 

É importante lembrar que ainda que a IA generativa se diferencie pela sua capacidade de “criar”, não quer dizer que ela seja sempre a opção mais evoluída. Quer dizer que ela se adequa melhor quando propósito é funcionar como uma ferramenta de criação para usuários. 

É válido destacar que não existe uma IA melhor que a outra, afinal, ambas possuem sua utilidade, de acordo com a necessidade de quem usa. É dessa forma, inclusive, que precisamos olhar para as tecnologias: como um apoio em tarefas cotidianas, sendo facilitadoras. 

Qual a ética na produção de conteúdo com inteligência artificial generativa? 

Por serem extremamente úteis em diversas tarefas, é fundamental entender como aplicar a ética na produção de conteúdo com inteligência artificial generativa. Afinal, essa é uma tecnologia poderosa, que precisa ser utilizada com cautela. 

Por isso, separamos dicas importantes sobre uso da IA generativa, que devem ser levadas em consideração na rotina. Confira! 

Estude sobre a tecnologia

Consumir conteúdos e notícias sobre inteligência artificial generativa é fundamental na hora de utilizar essas ferramentas. Assim, você conhece mais sobre o funcionamento delas e consegue inseri-las no seu cotidiano. 

Consumir canais que falam sobre IA permite conhecer a fundo sua aplicação no dia a dia.

Existem diversos canais que falam sobre a tecnologia, como o G1, a CNN, a Exame e até a Alura. Acompanhá-los é fundamental na hora de trabalhar com a tecnologia! 

Esses canais de notícias sobre inteligência artificial generativa são constantemente atualizados, com pesquisas e informações relevantes na hora de usar a IA.

Sempre faça revisões

Se você usar a inteligência artificial generativa para criar conteúdos, como textos, mensagens e e-mails, coloque como parte do processo a revisão. Por mais que os bancos de dados consultados pela IA sejam vastos, eles podem estar suscetíveis a pequenos erros. 

Além disso, procure checar as fontes que a IA cita, assim como dados estáticos e porcentagens. Dessa forma, consegue utilizar a ética na produção de conteúdo com inteligência artificial generativa com assertividade, sem dar informações falsas ou antigas.

Una inteligência humana à IA

É fundamental que a inteligência humana seja colocada lado a lado com a IA generativa. Isso significa editar partes dos conteúdos, colocar conectivos, corrigir gramática e dar o tom de voz da sua empresa para os textos e produções. 

Assim, você usa este tipo de inteligência artificial a seu favor, garantindo que ela é uma aliada nos processos.

Evite usar para temas sensíveis

Usar a inteligência artificial generativa para tratar temas delicados, que impactam a vida financeira e a saúde, por exemplo, não é uma ideia tão interessante. 

Afinal, a tecnologia pode fornecer informações não assertivas, que influenciarão as pessoas a tomar decisões. Caso você use, a etapa de revisão se torna ainda mais importante! 

Lembre-se: consumir notícias sobre inteligência artificial, estudar sobre a tecnologia e inseri-la no seu dia a dia com cuidado, sempre analisando o uso, é fundamental para evitar problemas e garantir crescimento para sua empresa. 

Conheça nosso robô com inteligência artificial generativa

Agora que você já sabe o que é inteligência artificial generativa, é válido descobrir maneiras de aplicá-la de forma inovadora no seu negócio: com o U-Robot, robô da família Tinbot integrado ao ChatGPT

Ele permite gerar conteúdos de maneira personalizada, se adaptando a diferentes comandos rapidamente. Assim, a experiência de ter um robô no seu evento, por exemplo, se torna ainda mais incrível. 

Quer saber mais sobre o uso de inteligência artificial generativa aplicada à robótica? Então acesse o site do U-Robot e confira como ele pode criar experiências únicas para diferentes empresas! Clique no link e confira.